FANDOM


Vândria Grande Baía
Vandria grande baia.png
Bandeira

Localização da Vândria

Localização da Vândria (amarelo) em Vulcano

Capital

- Maior cidade

Meredional


Catanhede

Idiomas Oficiais Magnato e português
Gentílico Vandriano
Governo
Anarquia cooperacional
Área Total 571.000 km²
População

- Densidade demográfica
44.140.000

77,3 por km²

Moeda Pilak

A Vândria Grande Baía (em magnato: Vandria magnato.png) é um país de Vulcano, localizado no continente conhecido na Terra como Ilhas do Sul. A Vândria ocupa uma porção da Ilha Magna, a maior do continente, fazendo fronteira no sul com Lepokenkkabal e ao norte com Erythródendro.

HistóriaEditar

Os humanos chegaram ao continente meredional de Vulcano há cerca de 30 mil anos, sendo a habitação humana nesse local a mais recente do planeta. O grupo que se estabeleceu na Ilha Magna acabou se separando à medida que era necessário fundar mais vilas. Entretanto, por causa de costumes familiares muito valorizados por aqueles humanos, as vilas acabaram se reunindo em uma única grande vila, chamada de Coy, no oeste da ilha. Dessa vila surgiria a cidade de Meredional, que hoje é a capital da Vândria.

Por muitos anos, a vila de Coy foi a única da Ilha Magna. Entretanto mais uma vez surgiu a necessidade de fundar outras povoações, e alguns grupos de migrantes partiram para o nordeste e sudoeste da ilha. Começaram também a serem criadas cidades próximas à vila de Coy. As pessoas viviam em cooperação, tirando sustento da pesca e da agricultura.

A figura do oceano sempre foi muito significativa para os povos das Ilhas do Sul, sendo visto como uma entidade que merecia respeito. Isso pode ser visto na arte antiga dos países desse continente, principalmente nos grandes murais pintados nas paredes de várias cidades dos litorais da ilha.

Há cerca de 10 mil anos, muitas vilas da Ilha Magna haviam evoluído para grandes cidades e as relações familiares tinham ficado mais estreitas. A noção de fraternidade entre todas as pessoas não fazia mais sentido, e um sentimento de nação dividia os povos. Exatamente 8.317 anos antes do início da era cristã terrestre, os anciões da cidade de Coy declararam que, junto com algumas cidades aliadas, estariam formando um país: a Vândria. Nos anos seguintes foram sendo formados os outros estados nacionais do continente.

O nome "Vândria" vem de um dialeto falado no litoral leste da Ilha Magna e significa "terra de poesia".

A Vândria, no início, era formada por doze cidades aliadas, que se estendiam desde o litoral norte até a foz do rio Igpaang. Durante o quinto milênio a.C., foram feitas expedições para desbravar o interior do continente, que aumentaram a área da Vândria. Os outros países da Ilha Magna fizeram o mesmo, e depois de muitas negociações, o mapa do continente ganhou as fronteiras que tem até hoje no ano 4.830 a.C. Desde a proclamação de autonomia da Vândria, todas as cidades do país vivem segundo a anarquia cooperacional, sendo cada uma responsável por sua subsistência; entretanto, existe uma espécie de governo central do país que auxilia as cidades.

Nunca existiram governantes formais na Vândria; um conselho com anciões de cada cidade é reunido periodicamente para tratar de quaisquer assuntos necessários. Esse conselho foi criado no quarto milênio a.C.

Geografia Editar

A Vândria Grande Baía situa-se na região da cordilheira Lumiligid, que atravessa todo o litoral leste do país com altitudes de até 4.000 metros, sempre ladeadas por planícies costeiras. Na cordilheira encontram-se vários vulcões ativos, dentre os quais o Walang Ginagawa que tem 4.007 metros de altitude e é o ponto culminante do continente.

ClimaEditar

A Vândria situa-se em três zonas climáticas: solar, temperada e polar. A zona solar cobre a parte norte do país, e ganha esse nome por que é nela que há maior radiação solar (é equivalente à zona tropical no planeta Terra); as temperaturas nessas regiões podem chegar a 80°C com invernos extremamente chuvosos. A zona temperada compreende as cidades do sul, onde o clima é relativamente mais ameno e as temperaturas normais são de cerca de 40°C. Uma pequena faixa de terra do extremo sul da Vândria está na zona polar. Nessa região, o frio é extremo porque há pouquíssima radiação solar.

PolíticaEditar

Desde a criação formal do país, adotou-se o regime de anarquia cooperacional. Há dezessete cidades na Vândria, e cada uma delas tem o dever de garantir seu próprio sustento. Para isso, os habitantes se dividem em cooperativas diversas, onde trabalham e dividem o que conseguem. Há todo tipo de cooperativas para produzir os produtos necessários para a cidade: as cooperativas agrícolas produzem os alimentos e as cooperativas secundárias fornecem artigos industrializados. Em algumas cidades mais desenvolvidas existem organizações semelhantes às empresas terrestres, responsáveis por serviços prestados à população. Não há governo nas cidades, que são regidas pelos Conselhos de Veneráveis, formados por anciões das cidades.

Os representantes dos Conselhos de Veneráveis de cada cidade se reunem para tomar decisões com respeito a generalidades do país, política externa, resolução de problemas etc. Os impostos cobrados são divididos entre as cidades.

SubdivisõesEditar

Dezessete cidades formam a Vândria Grande Baía. A maior cidade do país é Catanhede, e a capital é a cidade de Meredional.

Vândria Grande Baía Divisão.png

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória