FANDOM


Republic of Saint Mungo

St. Mungo
Stmungo.png
(Bandeira de St.Mungo)
Lema: Sinne Fianna Fáil (Soldados, nós somos)
Localização Localização de St.Mungo em relação a Europa (verde)
Gentílico Mungër
Capital Kenmere
Maior Cidade Puddlemere
Línguas Oficiais Inglês e Irlandês
Tipo de Governo


- Primeiro-Ministro

República Parlamentarista


Ian Cascarino

Independência


- Declarada

do Reino Unido


19 de Setembro de 1943

População 7.654.540 habitantes
Moeda Euro
Código (País) SMG
TLD (Internet) .RM
Código Telefónico +941
IDH 0,962

Saint Mungo, normalmente mais conhecida por sua abreviatura St.Mungo, é uma ilha localizada no Noroeste da Europa, muito próxima da Irlanda e do Reino Unido.

HistóriaEditar

A ilha de Aerghzán, nome do território que hoje é Saint Mungo, foi habitada desde os primórdios pelos celtas, que habitavam também a Irlanda, muitos consideravam Irlandeses e Mungërs o mesmo povo, tirando que a língua falado nos dois locais eram levemente diferentes.

O tempo passou, e o Reino Unido dominou ambos territórios, os irlandeses, mais organizados politicamente conseguiram sua independencia da monarquia britânica, inspirados nisso, os mungërs fizeram o mesmo, e ainda se proclamaram uma républica, mudando seu nome para Saint Mungo nome de um santo muito popular entre os moradores da ilha.

GeografiaEditar

  • Mapa
Stmungo map.png

Mapa de St.Mungo, mostrando as principais cidades do país




























DemografiaEditar

EtniasEditar

Irlandeses - 50% Mungërs - 30% Occitanos - 10% Britânicos - 5% Outros - 5%


Esporte Editar

O principal esporte do país é o futebol, a principal liga do país é a St. Mungo's Premier League.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória