FANDOM


PANTÉCIA

"Cidadania e Progresso"

Bandeyra.png
Gentílico Panteciano
Capital Bonfim
Maior Cidade Bonfim (3.102.428)
Língua Oficial Português
Governo: República Presidencialista
Chefe de estado: Presidente Lucas Alves Cardozo
Independência

de Portugal e Espanha

em 5 de setembro de 1719

População (2010)

21.098.050

Moeda Cruzado Panteciano (CzP$)
Código (País) A escolher: PTC ou RFP
Clima Tropical

A República Federal da Pantécia, conhecida apenas como Pantécia, é um país insular localizado na zona tropical do Oceano Pacífico, mais próximo da América do que do leste asiático.

HistóriaEditar

Para não estender muito a página, serão colocadas aqui apenas tabelas temáticas.

LISTA DE PRESIDENTES

Azul-piscina - Primeira República (1800-1866): Período inicial da república. Todos foram governos razoáveis, sem grandes feitos; destaca-se, entretanto, o populismo de Sargaços e a excelente gestão financeira de Campos. Como legados isolados de governo, tivemos as duas primeiras faculdades pantecianas e o primeiro banco do país, criados por Frios.

Branco - República de Leopardo (1867-1882): Governo de Elias Leopardo, que governou por dois mandatos (e parte de um terceiro) de seis anos. Ficou conhecido por sua extrema linha-dura e atividades escusas por baixo dos panos, como coerção e até assassinato de opositores, lobby, e, segundo se conta, manipulação de eleições. Foi assassinado pela oposição.

Amarelo - Segunda República (1882-1907): Fase que se iniciou com o governo interino de Ubaldino, seguido de Ricardo Nova, um dos mobilizadores da "Constituição Anti-Leopardina", que desconstruía o cenário anterior.

Cinza - Política Ibérica (1908-1923): Época de acordo político entre os grupos portugueses e espanhóis, então os dois mais fortes; combinaram de alternar representantes no poder. Foi o chamado "bolinho com paella"; cada grupo abocanhou dois mandatos, até o enfraquecimento de ambos os partidos.

Laranja - Período Rigobertino (1924-1935): Os três mandatos de Rigoberto Enero, o "renovador da Pantécia", pai de uma constituição, maestro de diversas mudanças sociais no país. Preferiu não disputar a eleição de 1935, saindo do governo "por cima" e até hoje reverenciado pelo povo.

Verde - República Intermediária (1936-1962): Período entre Enero e os militares; destaca-se a gestão de Mário Graça, que acabou não se reelegendo por poucos mil votos graças ao contexto político da época, mas que voltou nos braços do povo após a confusa gestão de Gaspar Alves. Foi o primeiro presidente a governar duas vezes. Seu sucessor, Raúl Pantis, fez uma administração nervosa, insegura e instável e acabou derrubado pelos militares.

Branco - Período militar (1962-1986): Menos liberdade para o povo, principalmente política; as trocas de presidentes foram feitas em eleições indiretas muito restritas, além de irregulares. Destaque para Paulo Lacerte, que adotou uma postura populista e virou um "amigo do povo", fazendo ainda uma discreta abertura sociopolítica no final da gestão, que culminou com uma Constituição popular e liberal no último ano de governo. Não concorreu nas eleições, saindo com reputação altíssima, e voltou à presidência nos braços do povo um mandato depois.

Presidente Iniciou Circunstâncias Ano final Circunstâncias
Lucas Frios 1800

Interino, eleito, reeleito 2x

1816 Fim do mandato
Humberto Níqueis 1817

Eleito, reeleito 2x

1831 Derrotado na eleição

Tibúrcio Campos

1832 Eleito, reeleito 1839 Morreu

José Mason

1839 Interino 1841 Fim do mandato
Júlio Sargaços

1842

Eleito, reeleito 2x 1856 Fim do mandato

Roberto Tertuliano

1857 Eleito 1861 Derrotado na eleição
Pierre Guimarães

1862

Eleito 1866 Derrotado na eleição
Elias F. Leopardo 1867

Eleito, reeleito 2x

1882 Assassinado
Eusébio Ubaldino 1882

Interino

1882 Fim do mandato
Ricardo Nova 1883

Eleito

1887 Derrotado na eleição
Carlos Panique 1888

Eleito

1891 Derrotado na eleição

Gastón Latino

1892 Eleito, reeleito 1899

Derrotado na eleição

Antônio Cruz 1900 Eleito, reeleito 1907

Derrotado na eleição

Luís Olívio 1908

Eleito

1911 Fim do mandato

Miguel Mendoza

1912 Eleito 1915 Fim do Mandato

João Bonfa Luso

1916 Eleito 1919 Fim do mandato

Lucho Santiago

1920 Eleito 1923 Fim do mandato

Rigoberto Enero

1924 Eleito, reeleito 2x 1935 Fim do mandato
"Dom" Fernando 1936 Eleito

1939

Derrotado na eleição

Alberto Castro

1940 Eleito, reeleito 1947 Fim do mandato

Mário Graça

1948 Eleito 1951 Derrotado na eleição
Gaspar Alves 1952

Eleito

1955 Fim do mandato

Mário Graça

1956 Eleito 1959 Fim do mandato

Raul Pantís

1960 Eleito 1962 Derrubado por golpe

Gal. André Marcos

1962 Golpe militar 1968 Votação indireta

Gal. Mateus E.

1968 Votação indireta 1972 Votação indireta

Gal. Válter Santos

1972 Votação indireta 1978 Votação indireta

Cel. Paulo Lacerte

1978 Votação indireta 1986 Fim do mandato
Marcelo Elísio 1987

Eleito

1990 Derrotado na eleição

Paulo Lacerte

1991 Eleito, reeleito 1998 Fim do mandato
João Dias

1999

Eleito 2002 Derrotado na eleição
Ana Maria 2003

Eleita, reeleita

2010 Fim do mandato
Lucas Cardozo 2011

Eleito

2010 -


LISTA DE CONSTITUIÇÕES

Apelido Foi Ano Peculiaridades
do Novo Século Promulgada

1801

Mandato de 5 anos; voto restrito a homens livres e alfabetizados

Renovadora

Promulgada 1842 Primeira Carta após a abolição

Leopardina

Promulgada 1867 Ampliava autonomia do presidente; mandato de 6 anos
Anti-Leopardina Promulgada 1883 Reduzia autonomia presidencial; mandato de 4 anos
Rigobertina Promulgada 1924 Mais detalhada, com mais liberdades individuais e denominação "Câmara dos deputados" p/Parlament
Militar Outorgada 1962

Carta do governo militar panteciano.

Atual Promulgada 1986

Liberal, ainda mais que a rigobertina.

EsportesEditar

Futebol da PantéciaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória