FANDOM


Liga Menor Feminina A
FFFM
Fundada
2008
Nação
País Menor - Bandeira País Menor
Rebaixamento para
Não há
(Liga Menor Feminina B - até 2014)
Número de times
32
Qualifica para
Jeanne Barret Cup
Campeão Atual
Miragem Miragem

A Liga Menor Feminina é o campeonato nacional feminino de futebol no País Menor. A Liga teve início em 2008 e acompanhou o futebol masculino na transição para o profissionalismo.

FormatoEditar

Até 2013Editar

O campeonato é divido em dois torneios: Torneio de Outono e Torneio de Primavera. Em cada um deles, os 16 clubes se enfrentam em turno único. Ao final dos dois torneios, o campeão de cada mais os dois (ou três, caso o mesmo clube vença ambos) demais melhores colocados na classificação geral avançam para as Semi-Finais. Tanto as Semi quanto a Final são disputadas em jogos de ida e volta, com o clube de melhor campanha (incluindo os pontos conquistados nessa fase de mata-mata) disputando o segundo jogo em casa.

A partir de 2012, com a criação da Liga Menor B, a segunda divisão, foi instituído o sistema de rebaixamento/promoção. Em 2013, serão dois rebaixados e dois promovidos.

2014Editar

Os 18 clubes se enfrentam, em turno único, pelo Torneio de Outono. Os 12 primeiros colocados se classificam para o Torneio de Primavera, enquanto os 6 últimos seguem para o Torneio da Morte.

No Torneio de Primavera, os 12 clubes se enfrentam, novamente em turno único. Os 2 primeiros da Primavera, mais os 2 demais melhores colocados na classificação geral, somados o Outono e a Primavera, avançam para a Semi-Final. Caso haja empate em pontos na classificação geral, ter sido campeão do Outono é o primeiro critério de desempate, seguido por saldo de gols e gols feitos. Na Semi-Final, os campeões de Outono, se classificado, e Primavera são cabeças-de-chave.

No Torneio da Morte, os clubes se enfrentam em dois turnos. Ao final desta disputa, os 2 últimos, contabilizando apenas os pontos obtidos no Torneio da Morte, são rebaixados.

2015Editar

Para a temporada 2015, a Liga Menor Feminina, a exemplo da masculina, foi reformulada, de modo que as divisões acabaram unificadas. Assim, os 26 clubes do país passaram a disputar esta competição, divididos em 4 regiões, cada uma dividida em sub-conferências. A liga atravessa um período de expansão, passando a contar com 28 clubes em 2015, com o objetivo final de 32 em 2017. Por conta disso, até lá haverá regiões com números distintos de clubes (8, 7 ou 6), até que todas tenham 8 clubes, divididos em 2 sub-conferências de 4, em 2017.

No primeiro semestre, os clubes enfrentam seus adversários de região (primeira etapa regional) e de conferência (etapa conferencial), totalizando, em 2015, entre 9 e 10 partidas, dependendo da região. O clube com melhor pontuação nesse período recebe o troféu do Torneio de Outono.

No segundo semestre, os clubes enfrentam adversários de uma outra região (etapa inter-regional, que terá um rodízio anual) e, por fim, novamente seus adversários de região (segunda etapa regional), num total de 13 partidas, em 2015. O clube com melhor pontuação nesse período recebe o troféu do Torneio de Primavera.

Ao final dessas 25 partidas, o melhor clube de cada região avança diretamente para a final regional, disputada em jogos de ida e volta. Seu adversário sai do play-off regional, disputado entre o campeão da conferência à qual não pertence o 1º colocado da região e o melhor 2º colocado de conferências da região. Esse play-off é disputado em jogo único. Os campeões de cada região se juntam para disputar as semi-finais e a final nacional, ambas em jogos de ida e volta.

Enquanto houver conferências com números desiguais de clubes, poderá ser necessário um jogo de wildcard para desempatar e definir classificados. Isso ocorrerá caso o melhor 2º colocado de uma região seja da conferência que tiver 1 jogo a mais em seu calendário, mas tenha menos de 3 pontos de vantagem sobre o 2º colocado da outra conferência, que terá um jogo a menos.

2016Editar

Para 2016, o formato de disputa do ano anterior foi mantido, porém com uma nova calendarização. Com a entrada de dois novos clubes, elevando o total para 30 participantes, 2 regiões passam a ter 8 clubes cada e 2 outras passam a ter 7, havendo em cada uma delas uma conferência com 3 clubes.

A temporada agora começa com uma Rodada dos Clássicos, onde cada clube enfrenta um adversário previamente pareado. Em seguida, os clubes enfrentam seus adversários de região (etapa regional) e de conferência (primeira etapa conferencial). Nas conferências onde houver apenas 3 equipes, a primeira etapa conferencial terá dois turnos, totalizando 4 jogos para cada uma, num total de 6 datas. As equipes farão ou 10 (equipes de conferências com 4 clubes nas regiões que possuem 7 clubes) ou 11 jogos (todas as demais). O clube com melhor pontuação nesse período recebe o troféu do Torneio de Outono.

No segundo semestre, os clubes enfrentam adversários de outra região (etapa inter-regional) e novamente seus rivais de conferência (segunda etapa conferencial). As equipes farão ou 11 (equipes de conferências com 4 clubes nas regiões que possuem 7 clubes) ou 10 jogos (todas as demais). O clube com melhor pontuação nesse período recebe o troféu do Torneio de Primavera.

Ao final dessas 22 partidas, o melhor clube de cada região avança diretamente para a final regional. Seu adversário sai do play-off regional, disputado entre o campeão da conferência à qual não pertence o 1º colocado da região e o melhor 2º colocado de conferências da região. Os campeões de cada região se juntam para disputar as semi-finais e a final nacional. Todos os confrontos passam a ser disputados em jogos de ida e volta.

2017Editar

A primeira mudança para 2017 é a chegada dos dois últimos clubes previstos no projeto de expansão, elevando o número de participantes a 32 e equilibrando todas as regiões e conferências. Para que esse equilíbrio fosse possível, alguns clubes trocaram de conferência. O Pen'alva, anteriormente da Região Sul, passou da Conferência Sudoeste para a Central, no Leste, no lugar do Mel, que seguiu para a Centro-Oeste, no Oeste. Dessa forma, os dois clubes novatos, Consadole Memento e Klabautermann & Farrier, ingressaram na Sudoeste, no Sul.

Além disso, houve, a exemplo da Liga masculina, alterações na montagem da tabela. A partir de agora, os clubes jogarão uma fase conferencial (3 jogos contra rivais de conferência), uma fase regional (7 jogos contra rivais de região), uma fase inter-regional (8 jogos contra clubes de outra região) e uma fase inter-conferências (4 jogos contra clubes de uma conferência que não faça parte da mesma região nem daquela com a qual se disputa o inter-regional). O regulamento para a fase de mata-mata permanece inalterado.

Classificação para a COMPACTAEditar

Os mais bem classificados da competição adquirem uma vaga na JBC, competição feminina de clubes da COMPACTA. O número de vagas depende da definição anual da confederação.

Divisão RegionalEditar

Ver Torneios Regionais no Futebol Menor Feminino

Região NorteRegião Leste
Conferência SetentrionalConferência NordesteConferência CentralConferência Oriental
Benny Jets Benny JetsMiraflores MirafloresAyer AyerChimera Chimera
Novo Horizonte Novo HorizontePerfumaria PerfumariaEstrella EstrellaHanami Hanami
Sétima Fonte Sétima FonteSalamandra SalamandraPen'alva Pen'alvaMiragem Miragem
Unión CASC Unión CASCSherman-Williams Sherman-WilliamsSPOI S.P.O.I.Sorcière Kristajic Sorcière Kristajic
Região SulRegião Oeste
Conferência SudoesteConferência MeridionalConferência Centro-OesteConferência Ocidental
Consadole Memento Consadole Memento15 de Dezembro 15 de DezembroBlack Heart Black HeartBarra Barra
Fortaleza FortalezaColegial ColegialMel MelHaki Haki
Ginásio Vilanovense Ginásio VilanovenseMinuano MinuanoMístico MísticoLuna Luna
Klabautermann & Farrier Klabautermann & FarrierSocial SocialPasso Verde Passo Verde Razão Social Valverde Razão Social Valverde

Rodízio de ConfrontosEditar

AnoRegiãoInter-RegionalConferênciaInter-Conferências
2017NorteLesteSetentrionalMeridional
NordesteSudoeste
OesteSulOcidentalCentral
Centro-OesteOriental
2018NorteSulSetentrionalOcidental
NordesteCentro-Oeste
LesteOesteMeridionalCentral
SudoesteOriental
2019NorteOesteSetentrionalOriental
NordesteCentral
SulOesteSudoesteCentro-Oeste
MeridionalOcidental

PalmarésEditar


Ano Campeão Vice Terceiro Quarto Artilheira Gols
2008 Ginásio Vilanovense Ginásio Vilanovense Fortaleza Fortaleza Luna Luna Salamandra Salamandra Farmville (GVN) 26
2009 Fortaleza Fortaleza Miragem Miragem Ginásio Vilanovense Ginásio Vilanovense Colegial Colegial Mari (FOR) 21
2010 Ginásio Vilanovense Ginásio Vilanovense Colegial Colegial Fortaleza Fortaleza Místico Místico Mirella Flores (GVN) 25
2011 Miragem Miragem Minuano Minuano Ginásio Vilanovense Ginásio Vilanovense Místico Místico Alissa (MRG) 20
2012 Unión CASC Unión CASC 15 de Dezembro 15 de Dezembro Miragem Miragem Mel Mel Farmville (GVN) 26
2013 Minuano Minuano Luna Luna Miragem Miragem Benny Jets Benny Jets Aya (LUN) 25
2014 Miragem Miragem Minuano Minuano Barra Barra Black Heart Black Heart Sakura Oh (BAR) 20
2015 Benny Jets Benny Jets Miragem Miragem Fortaleza Fortaleza Luna Luna Sebunia (MRG) 29
2016 Miragem Miragem Minuano Minuano Benny Jets Benny Jets Barra Barra Aya (LUN) 25
  • Galeria de Campeões

Clube Títulos
Miragem Miragem 3
Ginásio Vilanovense Ginásio Vilanovense 2
Fortaleza Fortaleza 1
Unión CASC Unión CASC 1
Minuano Minuano 1
Benny Jets Benny Jets 1

Torneios SazonaisEditar

Os Torneios de Outono e Primavera começaram a ser disputados em 2009, premiando os clubes com melhor desempenho no 1º e 2º semestres, respectivamente.


Ano Torneio de Outono Torneio de Primavera
2009 Miragem Miragem Fortaleza Fortaleza
2010 Místico Místico Fortaleza Fortaleza
2011 Miragem Miragem Minuano Minuano
2012 Unión CASC Unión CASC 15 de Dezembro 15 de Dezembro
2013 Luna Luna Minuano Minuano
2014 Minuano Minuano Barra Barra
2015 Unión CASC Unión CASC Social Social
2016 Novo Horizonte Novo Horizonte Místico Místico


  • Galeria de Campeões


Clube Títulos de Outono Títulos de Primavera
Miragem Miragem 2 0
Unión CASC Unión CASC 2 0
Minuano Minuano 1 2
Místico Místico 1 1
Luna Luna 1 0
Novo Horizonte Novo Horizonte 1 0
Fortaleza Fortaleza 0 2
15 de Dezembro 15 de Dezembro 0 1
Barra Barra 0 1
Social Social 0 1

DadosEditar

Atualizado até 2016

  • Maior Média de Gols: 3,4 por jogo (2008)
  • Menor Média de Gols: 2,48 por jogo (2009)


  • Maior Goleada: Salamandra 7 X 0 Novo Horizonte (2008), Ginásio Vilanovense 7 X 0 Místico (2008), Ginásio Vilanovense 7 X 0 Fortaleza (2008) e Fortaleza 7 X 0 Místico (2009)
  • Jogo com Mais Gols: Miragem 5 X 4 Real Tijuca (2008) e Unión CASC 6 X 3 15 de Dezembro (2011), Haki 4 X 5 Perfumaria (2016)


  • Jogadora com Mais Gols em um Jogo: Mirella Flores (GVN - Ginásio Vilanovense 5 X 2 Colegial - 2010) - 5 gols
  • Maior Artilheira em uma só Edição: Sebunia (MRG - 2015) - 29 gols
  • Maior Artilheira: Farmville - 157 gols em 9 temporadas


  • Maior Número de Pontos Conquistados em uma Edição: Minuano - 75 (2013)
  • Menor Número de Pontos Conquistados em uma Edição : S.P.O.I. e Chimera - 12 (2016)
  • Melhor Aproveitamento em uma Edição: Minuano (2011) - 73,5% - 75 pontos em 102 disputados
  • Pior Aproveitamento em uma Edição: S.P.O.I. e Chimera (2016) - 19% - 12 pontos em 63 disputados


  • Mais Gols Feitos em uma Edição: Minuano - 81 (2013)
  • Menos Gols Feitos em uma Edição: S.P.O.I. - 14 (2016)
  • Mais Gols Sofridos em uma Edição: Perfumaria - 71 (2013)
  • Menos Gols Sofridos em uma Edição: Colegial - 19 (2016)
País Menor - Bandeira Liga Menor Feminina A País Menor - Bandeira
Futebol Menor Feminino|Seleção Menor Feminina
2008|2009|2010|2011|2012|2013|2014|2015|2016

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória